em

A Bugatti se prepara para entregar o Bolide e o W16 Mistral

Com o fim da produção do Chiron, o fabricante sediado em Molsheim está se concentrando em seus próximos modelos exclusivos. A Bugatti também está fortalecendo seu serviço pós-venda para garantir a longevidade de seus hipercarros.

Dois novos hipercarros a caminho

A Bugatti está prestes a iniciar as entregas de dois modelos altamente esperados: o Bolide, exclusivo para pistas, e a edição limitada do W16 Mistral. Esses dois veículos marcam uma nova etapa para a marca francesa, que também está preparando a chegada do Tourbillon, prevista para 2026.

O Bolide é, sem dúvida, a criação mais extrema já produzida pela Bugatti. Seu design futurista lembra mais um carro de videogame do que um veículo real. Limitado a apenas 40 exemplares, ele promete ser o Bugatti mais rápido nas pistas de corrida.

O canto do cisne do W16

O W16 Mistral é de particular importância na história da Bugatti. O primeiro cabriolet da marca desde 2012Apenas 99 unidades serão produzidas. Acima de tudo, ele marca o fim de uma era por ser o último modelo a apresentar o emblemático motor W16 quadri-turbo de 8,0 litros.
Esses dois carros incorporam a excelência técnica e a habilidade artesanal da Bugatti. Sua produção limitada já os torna itens de colecionador altamente cobiçados por entusiastas e investidores.

Serviço pós-venda aprimorado

Para apoiar o lançamento desses novos modelos, a Bugatti está expandindo sua rede de serviços pós-venda. O objetivo é garantir a longevidade e a confiabilidade de todos os modelos Bugatti.desde o Veyron e o Chiron até o futuro Bolide e o W16 Mistral.
Quinze dos parceiros de serviço internacionais da Bugatti passarão por treinamento extensivo para realizar intervenções mais complexas e avançadas. Eles se juntarão aos seis Parceiros de Serviços de Excelência existentes em todo o mundo.

Ler também :  Top 10 dos carros que exigem mais manutenção: quando o desempenho tem um preço

Treinamento para excelência em Molsheim

A Bugatti também lançou um novo programa de credenciamento para seus parceiros de serviços. Esse treinamento é realizado diretamente na sede da marca em Molsheim.o local histórico de nascimento da Bugatti. Aqui, os mecânicos são treinados nas tecnologias mais recentes e nas características específicas dos modelos mais recentes.
Alexis Ploix, Diretor de Pós-vendas e Atendimento ao Cliente da Bugatti, enfatiza a importância dessa abordagem: “Possuir um Bugatti não é apenas ter um carro notável, é abraçar um estilo de vida de luxo incomparável. Ao desenvolver nossas capacidades, estendemos esse estilo de vida para além do próprio veículo”.
A Bugatti está, portanto, afirmando seu compromisso de oferecer uma experiência impecável ao cliente que corresponda à excelência de seus veículos. Esse foco no serviço pós-venda reflete o compromisso da marca em preservar o valor e o desempenho de seus hipercarros a longo prazo.
A chegada iminente do Bolide e do W16 Mistral marca uma nova era para a Bugatti. Esses modelos exclusivos, combinados com um serviço pós-venda de última geração, confirmam o status da marca francesa no auge da indústria automotiva de luxo. Os entusiastas estão ansiosos para descobrir essas obras-primas tecnológicas nas estradas e circuitos do mundo.
Mostrar Ocultar conteúdo

Escrito por Martim Lubianco

Sou Martim, um redator web especializado no universo dos carros esportivos e supercarros, combinando paixão por modelos clássicos com interesse por veículos de alta tecnologia. Fascinado pelo automobilismo e suas evoluções, dedico-me a explorar as últimas tendências, inovações tecnológicas e histórias fascinantes que movimentam esse setor.

Adrian Portelli transforma sua sala de estar em uma vitrine de luxo

BMW M5 2025 : um peso pesado em desempenho