em

O Koenigsegg Jesko Absolut quebra 5 recordes mundiais de velocidade em um piscar de olhos!

O fabricante sueco Koenigsegg deu um grande golpe no mundo dos hipercarros ao estabelecer nada menos que cinco novos recordes mundiais de velocidade com sua mais recente criação, o Jesko Absolut. Esses desempenhos surpreendentes ultrapassam os limites do que é possível em termos de aceleração e frenagem em velocidades muito altas.

Um feito que desafia a crença

O Koenigsegg Jesko Absolut acaba de realizar uma façanha que deixará os entusiastas do desempenho automobilístico sem fôlego. O carro sueco estabeleceu um novo recorde mundial ao acelerar de 0 a 400 km/h e depois parar completamente em apenas alguns segundos. 27,83 segundos. Essa façanha supera o recorde anterior do Koenigsegg Regera, que alcançou o mesmo feito em 28,21 segundos no verão de 2023.

Esse desempenho de tirar o fôlego é apenas a ponta do iceberg. De fato, o Jesko Absolut estabeleceu um recorde após o outro durante sua sessão de testes, demonstrando mais uma vez a supremacia da Koenigsegg no campo dos carros de produção mais rápidos do mundo.

Uma avalanche de registros

Além do recorde de 0-400-0 km/h, o Jesko Absolut também estabeleceu recordes em outras disciplinas:
– 0-400 km/h em 18,82 segundos
– 0-250 mph (402 km/h) em 19,20 segundos
– 0-250-0 mph em 28,27 segundos
Esses números são simplesmente impressionantes. Para colocar esse desempenho em perspectiva, a maioria dos carros não chega nem a 150 km/h no tempo que o Jesko Absolut leva para atingir 400 km/h.

Um hipercarro de produção com desempenho excepcional

O aspecto mais notável desses recordes é que eles foram estabelecidos com um carro estritamente de produção. Com exceção de uma roll bar e um assento retirados do Koenigsegg One:1 (uma escolha pessoal do piloto Markus Lundh), o Jesko Absolut usado para esses testes era idêntico aos entregues aos clientes.
O coração dessa fera das corridas é um motor que desenvolve 1.622 bhp com combustível E85. O carro foi equipado com pneus Michelin Pilot Sport Cup 2 R, que são aprovados para uso em estradas, mas oferecem desempenho de nível de competição.

Ler também :  O próximo Bugatti pode abandonar uma de suas maiores características

Aerodinâmica extrema

O Jesko Absolut é mais do que apenas uma evolução do Jesko padrão. É uma versão projetada especificamente para maximizar o desempenho em linha reta. Sua aerodinâmica foi meticulosamente elaborada para atingir um coeficiente de arrasto (Cx) excepcionalmente baixo, de 0,278.
Essa otimização aerodinâmica é um dos principais fatores que permitem que o Jesko Absolut atinja velocidades tão altas e mantenha uma estabilidade notável.

Alcançando novas alturas

Christian von Koenigsegg, fundador e CEO da marca, não esconde sua ambição de ir ainda mais longe. O próximo objetivo é claramente bater o recorde de velocidade máxima do Bugatti Chiron Super Sport 300+ (490,484 km/h) e tornar-se o primeiro carro de produção a quebrar a barreira simbólica dos 500 km/h.
“Esse recorde validou a precisão do desempenho simulado e calculado do Jesko Absolut, dando-nos grande confiança de que ele será, sem dúvida, o carro de produção homologado mais rápido do mundo”, disse Christian von Koenigsegg.

Desafios técnicos

Apesar do entusiasmo e da confiança demonstrados pela Koenigsegg, o caminho para os 500 km/h continua cheio de armadilhas. O principal desafio está no desenvolvimento de pneus capazes de suportar tais velocidades e, ao mesmo tempo, permanecer em conformidade com as leis de trânsito.
“Tudo agora depende de testes, desenvolvimento e homologação de pneus, antes que possamos finalmente tentar atingir esse recorde”, diz o fabricante sueco.

Um futuro promissor

A Koenigsegg não tem intenção de parar por aí. Além de tentar bater recordes de velocidade máxima com o Jesko Absolut, a marca planeja explorar as capacidades da versão Jesko Attack, que é mais voltada para o desempenho em circuitos.
Esses feitos técnicos e recordes alucinantes demonstram mais uma vez a posição da Koenigsegg na vanguarda da inovação automotiva. Em um momento em que o setor está se voltando cada vez mais para a eletrificação, o fabricante sueco está provando que o motor de combustão interna ainda tem um futuro brilhante pela frente, pelo menos no segmento de hipercarros.
A busca pela velocidade máxima continua, e a Koenigsegg parece determinada a ampliar ainda mais os limites do que é possível. Resta saber até onde essa corrida frenética pode ir e quais serão os próximos recordes sob as rodas desses carros extraordinários.
Mostrar Ocultar conteúdo

Ler também :  Por que os primeiros carros elétricos da BMW são clássicos do futuro

Escrito por Martim Lubianco

Sou Martim, um redator web especializado no universo dos carros esportivos e supercarros, combinando paixão por modelos clássicos com interesse por veículos de alta tecnologia. Fascinado pelo automobilismo e suas evoluções, dedico-me a explorar as últimas tendências, inovações tecnológicas e histórias fascinantes que movimentam esse setor.

Um Lamborghini Miura 1970 mantido em uma sala por 40 anos pode chegar a US$ 2,5 milhões em leilão

A Ferrari está oferecendo a substituição gratuita da bateria para seus híbridos, mas há um porém!